ABRACAMED

Epilepsia

Epilepsia e Como a cannabis medicinal atua no tratamento
O uso de Canabidiol no tratamento da epilepsia tem sido indicado com base em estudos clínicos que comprovaram a eficácia e segurança do princípio ativo. A substância já mudou a vida de milhares de pessoa no Brasil
A epilepsia é uma condição médica muitas vezes incapacitante, na qual ocorrem descargas elétricas disfuncionais que podem durar segundos ou horas, conforme o grau de acometimento.

Os sintomas variam bastante e as crises podem ser fortes ou amenas, conforme o tipo de epilepsia que o indivíduo possui.

Os sinais mais conhecidos são as contrações musculares intensas, perda de consciência, salivação excessiva e respiração ofegante.

Outra convulsão menos aparente, porém não menos importante é a crise de ausência onde o indivíduo permanece com o olhar fixo e não se comunica.

Estudos desenvolvidos no Brasil pelo Prof Elisaldo Carlini da UNIFESP, demostraram que houve a diminuição e, em alguns casos, a suspensão completa das crises convulsivas com o uso da Cannabis Medicinal.

As publicações científicas indicam que o canabidiol reduz a ativação das chamadas células da glia, presentes no cérebro e que atuam incidindo no funcionamento dos neurônios. Essas células são ativadas como resposta às crises convulsivas, contribuindo na inflamação e lesão cerebral.

Estes estudos dão esperança à inúmeras famílias e pacientes que sofrem com a falta de eficácia e os diversos efeitos colaterais de medicações controladas que, por vezes, ainda causam dependência.

Para saber mais sobre os benefícios da Cannabis Medicinal e mais patologias tratáveis acesse abracamed.com/tratamentos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Comece seu tratamento agora
Rolar para cima