ABRACAMED

Dor Crônica

Dor Crônica e Como a cannabis medicinal atua no tratamento
O tratamento à base de canabidiol apresenta excelentes resultados no combate a dor crônica em indivíduos.
A Dor crônica é terrivelmente debilitante. De acordo com a Sociedade Brasileira de Estudos da Dor (SBED) 37% da população brasileira, cerca de 60 milhões de pessoas, relatam sentir dor de forma crônica. Um dos tratamentos promissores é o uso de cannabis medicinal.

A dor crônica prejudica a qualidade de vida e é muito difícil de ser tratada. Mesmo com o uso de antidepressivos e anticonvulsivantes, o tratamento não oferece uma resposta adequada.

As causas da dor variam de acordo com o local, mas normalmente estão associadas a doenças como dor neuropática, fibromialgia, câncer, artrite ou diabetes, ou à lesões de ligamentos, hérnia de disco ou fraturas ósseas.


Além do principal e mais incomodo sintoma que é a dor, frequentemente são relatados alguns sintomas associados como por exemplo ansiedade, cansaço extremo, constipação intestinal, distúrbios do sono, diminuição do apetite, da libido e enfim a depressão.

Estudos mostram a presença de receptores canabinóides no sistema límbico (regulador das emoções), no hipocampo (relacionado às memórias) e na medula espinhal. A cannabis tem ação direta no mecanismo central de dor, bem como ação na parte emocional

A cannabis medicinal oferece menos efeitos adversos e pode ser usada com outros medicamentos para tratamento dessas dores, aumentando a eficácia e, em alguns casos, diminuindo as doses desses outros fármacos, com consequente melhoria da qualidade de vida do paciente.

Para saber mais sobre os benefícios da Cannabis Medicinal e mais patologias tratáveis acesse abracamed.com/tratamentos.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Comece seu tratamento agora
Rolar para cima