ABRACAMED

Autismo

Autismo e como a cannabis medicinal atua no tratamento
O Transtorno do Espectro Autista, ou autismo, é uma inaptidão que costuma demonstrar seus sinais logo no início da vida. Trata-se de uma desordem neurológica que se manifesta no desenvolvimento de habilidades como a interação social e a comunicação e, ainda que seja mais prevalente em meninos do que em meninas, pode afetar, em diferentes graus de comprometimento, qualquer indivíduo.

Há uma série de dúvidas que rondam a doença (tratada assim porque é de base biológica, uma vez que existe uma carga genética importante no espectro autista, com
hereditariedade associada a alterações de genes), especialmente no que se refere ao seu diagnóstico.

Movimentos repetidos e sem função das mãos também indicam dificuldades nessas crianças. “Algumas vezes elas reagem exageradamente frente a sons como os de secadores de cabelos, motocicletas, cortadores de grama e choro de outras crianças.

Recentemente, pesquisadores voltaram a atenção para o canabidiol (CBD), que é um dos elementos da maconha sem efeitos lisérgicos. Os resultados foram encorajadores. O CBD é a segunda substância mais abundante na Cannabis e há cada vez mais evidências do seu potencial para o tratamento de sintomas de distúrbios neuropsiquiátricos, como dependência, ansiedade e psicose, distúrbios da mobilidade e epilepsia.

No caso dos estudos com canabidiol em pessoas com autismo, os indícios são muito positivos. Um estudo realizado em outubro de 2019 analisou os efeitos do extrato de cannabis sativa enriquecido com canabidiol puro (CBD) nos sintomas do TEA. Quinze pacientes autistas aderiram ao tratamento, sendo 10 não epiléticos e 5 epiléticos. Até o nono mês de tratamento, a maioria dos pacientes, dos dois grupos, apresentou algum nível de melhora nos sintomas. As melhorias mais significativas foram relatadas para convulsões, TDAH, distúrbios do sono e déficits de comunicação e interação social.

Para saber mais sobre os benefícios da Cannabis Medicinal e mais patologias tratáveis acesse abracamed.com/tratamentos

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Comece seu tratamento agora
Rolar para cima