II Seminário sobre Cannabis Medicinal do
Centro Oeste Paulista

Direito a Saúde, Ciência e Saúde Pública.

25 e 26 de novembro de 2022 – Marília / SP

Salve essa data!

Realização

Apoio

Parceiro

Certificado de participação

Os participantes que comparecerem por no mínimo 75% do evento
poderão receber um Certificado de Participação em formato digital fornecido pela EDEPE.

Preencha com seus dados abaixo e garanta sua participação

Caso seja pessoa com deficiência, responda nosso e-mail de confirmação de participação nos avisando sobre suas necessidades.

Doe e ajude

Na entrada do evento estaremos recebendo doações que serão destinadas ao Projeto Amor de Criança.

Itens: 1 Kg de alimento não perecível ou fraldas XG, XXG e juvenil.

Preencha com seus dados abaixo e garanta sua participação

Caso seja pessoa com deficiência, responda nosso e-mail de confirmação de participação nos avisando sobre suas necessidades.

Doe e ajude

Na entrada do evento estaremos recebendo doações que serão destinadas ao Projeto Amor de Criança.

Itens: 1 Kg de alimento não perecível ou fraldas XG, XXG e juvenil.

Objetivo final

O evento é realizado em Marília, região do Centro Oeste Paulista e pretende reunir a sociedade civil, poder público, cientistas, profissionais da saúde e pacientes promovendo conhecimentos sobre o uso medicinal da Cannabis sativa e seus efeitos terapêuticos.

Contextualização do evento

Atualmente, mais de 30 mil publicações científicas disponíveis em sites oficiais, mídias sociais, acadêmicas e afins vêm demonstrando a versatilidade e eficácia do uso da Cannabis Medicinal para diferentes condições de saúde, não somente tratando sintomas, mas mudando o curso de patologias.

Entretanto, menos de 1% dos médicos brasileiros conhecem a Medicina Canabinoide e utilizam os derivados desta planta como ferramenta terapêutica no tratamento de seus pacientes, tampouco os demais profissionais da saúde têm acesso a este campo de conhecimento.

O histórico sobre a Cannabis Medicinal em Marília data de 2015 com a proposição de uma Ação Civil Pública impetrada pelo Ministério Público Federal face ao Estado de São Paulo, para o fornecimento de canabidiol para crianças com epilepsia refratária. Entretanto, após um fornecimento inicial houve a interrupção por parte do Estado, gerando o desamparo das crianças e a busca de novos caminhos pelas famílias.

A luta pela democratização do acesso à Cannabis Medicinal continua e ganha visibilidade em 2019 com a conquista de duas mães de permissão para o cultivo e produção artesanal do óleo medicinal na Justiça Federal, fruto da exposição das inúmeras dificuldades que enfrentavam em defesa do direito de seus filhos ao tratamento, crianças com paralisia cerebral e epilepsia de difícil controle.

Desde então, o tema foi pauta de diversas entrevistas, notícias e eventos que foram promovidos no município como o Palavra Aberta na Famema, Audiências Públicas na Câmara Municipal, proposição de Projeto de Lei municipal, aprovação de propostas e moções na Conferência Municipal de Saúde, iniciativas de pesquisas no âmbito acadêmicos e o 1º Seminário de Cannabis Medicinal do Centro Oeste Paulista na Unimar, que reuniu mais de trezentos participantes dos vários municípios da região.

Neste contexto, com a intencionalidade de implementar e problematizar conhecimentos junto à sociedade quanto às aplicações da Cannabis sativa L e seu status regulatório, propiciando o amplo debate e democratização do acesso à informação por meio da explanação e qualificação da temática à expertise de profissionais das diversas áreas que hoje compõem o ecossistema canábico em nosso país, a ABRACAMED vem propor a realização do 2º Seminário de Cannabis Medicinal do Centro Oeste Paulista: “Ciência, Políticas Públicas e Direitos Humanos”.

Rolar para cima

Inscrição realizada com sucesso.

Enviamos um e-mail de confirmação para seu
endereço de e-mail, confere lá 😉

Compartilhe